Reputação! O que o Gambá Pode Te Ensinar Sobre Conquista?

Hoje vou falar sobre um animalzinho um tanto quanto interessante, o Gambá.

Você pode até achar graça ao imaginar que o Gambá teria algo a te ensinar ou mesmo a mim [ Psicólogo estudioso da dinâmica social ], mas se você acha que ele não tem, se ajeita na cadeira e presta atenção…

Antes de mais nada, gostaria de ressaltar que um dos meus Hobbies é observar a dinâmica da natureza, sempre fui apaixonado pela cultura dos índios nativos americanos e a relação que eles tem com o meio ambiente. Relação essa totalmente diferente, “infelizmente” daquela que temos com aquilo que chamamos de natureza.

Voltando ao Gambá, esse animalzinho possui uma reputação que inclui uma dose de poder, exatamente PODER. O Gambá Americano possui um estilo de vida único, que consegue manter os seres humanos à distância. A palavra chave que serve para sintetizar a sua personalidade é: RESPEITO.

Ao contrário dos animais predadores, o Gambá Americano não ameaça a sua vida, mas ameaça os seus sentidos. Todos os que já estiveram por perto de um Gambá quando ele resolve exalar o seu cheiro sabem o quanto isto é verdade!

Quando estudamos seus hábitos e comportamentos podemos observar que esta pequena criatura de quatro patas consegue impor uma atitude de “Alto lá! Sabe com quem está falando?”. Ela obriga o observador a respeitar o seu espaço, e consegue isto, simplesmente, com sua reputação.

Imagine alguém AGORA gritando do corredor adjacente de onde você esta acessando seu computador gritando – CUIDADO UM GAMBÁ!. A maioria das pessoas já associa ao mal cheiro, já que fomos programados através de desenhos e filmes a reconhecer essa reputação real desse animalzinho.

O Gambá, de certa forma, nos ensina que você deve continuar honrando as suas verdades e respeitando os seus próprios princípios para criar em torno de si mesmo um ambiente de respeito e uma reputação de força e atitude. O Gambá nos ensina que não há necessidade de provocar, atormentar, oprimir ou pressionar as outras pessoas quando você ACREDITA EM SI MESMO ou sente orgulho de sua PRÓPRIA PERSONALIDADE, particular e distinta de todos os demais.

O Gambá repele todos aqueles que tentam, de alguma forma, desrespeitar seu espaço. Aqueles que desejam sugar suas energias sem oferecer nada em troca.

Já tentou definir, sem egocentrismo, a sua própria personalidade? Procure saber exatamente quem é você, conscientize-se do seu valor, e a sua auto-estima irá aflorar de modo ESPONTÂNEO. A subseqüente mudança em sua personalidade atrairá quem tiver a “vibe” semelhante a sua, ao mesmo tempo que irá repelir as pessoas indesejáveis de “vibe” diferente.

O odor do Gambá atrai os outros da mesma espécie, mas repele todo aquele que não sabe respeitar seu espaço.

Quando você seduz alguém que se interessa por você, na verdade está enviando a seguinte mensagem: “Estou disponível” e isto pode ser perigoso, pode provocar reações agressivas quando a verdade for descoberta e a pessoa seduzida sentir que foi manipulada.

Observando o Gambá, percebemos a necessidade de controlar o nosso fluxo de energia que emana do nosso corpo. Os psicoterapeutas chamam isso de linguagem corporal, na linguagem dos índios americanos você esta revelando aos outros a sua energia pessoal através do seu corpo e dos seus gestos ( linguagem não verbal ) e aqui pra nós as mulheres são muito mais poderosas do que os homens nesse quesito.

Então amiga, procure empregar essa energia da melhor forma possível, pois suas atitudes criam sua reputação, examine bem que tipo de energia você esta transmitindo através de sua linguagem NÃO VERBAL, pois é aí, justamente, que reside o segredo da sua atual situação de vida.

Observe que tipo de homem se sente atraído por você. Provedor mais velho? Alto astral ou baixo astral? Protetor? Homens que te querem apenas como troféu para os amigos?

Caso eles despertem os seus bons sentimentos  e o estimulem favoravelmente, aproveite para reconhecer  suas próprias qualidades e reforçar sua auto-estima. Ande de cabeça erguida, aceitando os elogios com satisfação e orgulhando-se de si mesma! Caso isto não esteja acontecendo, lembre-se de que o respeito por si mesma é a sua melhor proteção. Projete auto-estima para o mundo!

Observe se você não esta repelindo as pessoas que o cercam por ciúme, inveja ou porque esta refletindo a baixa auto-estima destas mesmas pessoas. Examine sinceramente os seus próprios sentimentos. Não tente se iludir, seja honesta consiga mesma. Corrija esta situação assumindo a mesma atitude do Gambá – a despreocupação.

Quando você conseguir encarar os seus próprios problemas de maneira objetiva e desapaixonada – despreocupadamente -, conseguirá neutralizar os efeitos do medo da mudança, afinal de contas “pouco importa oque as pessoas pensam de você”, seja espontânea aprenda a improvisar mas o mais importante imponha limites para as pessoas.

Eu particularmente tenho várias regras pessoais e não permito por hipótese alguma que ninguém as quebre. Por exemplo se uma pessoa do meu ciclo social faz algo da qual eu desaprove eu chamo pra conversar e falo que não gostei entramos em acordo e realmente espero que não aconteça novamente. Se voltar a acontecer vai ser a 2º vez e depois dessa nunca mais porque eu me afasto daquela pessoa que não combina com minha “vibe” comportamento ou personalidade, procure sempre pessoas que queiram somar em sua vida, se cerque daqueles que te levantam a moral e não dos que abaixam.

A chave para todas essas situações é a auto-estima. O ego é tão-somente aquilo que você mesmo acredita ser, se concentre no seu “jogo interno”falarei mais sobre isso em outro artigo!

Conquiste, seus sonhos.

RECEBA DICAS EXCLUSIVAS POR E-MAIL

Marcos Strider

Psicólogo Comportamental, Coaching de relacionamento e comunicação pelo IBC, Master PNL, Vencedor do Talentos da Educação 2015 pela Fundação Lemann, Escritor, Palestrante para mais de 200 mil pessoas em diversas cidades do Brasil, Fundador Papo de Universitário, Comentarista CBN; Instagram: @marcostrider

Website: http://papodeuniversitario.com